segunda-feira, abril 19, 2010

Motim em Julho


ERSKINE CALDWELL
trad. de Manuel Mendes

capa de Infante do Carmo

Lisboa, 1956
Editorial Estúdios Cor, Ld.ª
1.ª edição
19,5 cm x 14,2 cm
248 págs.
colecção dirigida por Nataniel Costa
exemplar muito estimado
17,00 eur

Da nota de badana:
«[...] Caldwell só aos catorze anos frequentou pela primeira vez a escola.
Depois de ter estudado durante algum tempo na Universidade da Virgínia, exerceu as mais variadas profissões: jornalista, operário, colhedor de algodão, ajudante de cozinheiro, criado de noite no bufete de uma estação, maquinista num teatro “burlesco” de Filadélfia, crítico literário no Texas e jogador de futebol profissional numa equipa da Pensilvânia. [...]» Portanto, um indivíduo que colheu do real directamente vivido a essência da sua arte literária. O vertente romance, tal como o basto conhecido A Estrada do Tabaco, põe em cena o problema do esclavagismo e do ódio racista e de classe norte-americanos.


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089