terça-feira, abril 23, 2013

O Barão



BRANQUINHO DA FONSECA
ilust. Júlio Pomar

Lisboa, 1959
Portugália Editora
3.ª edição [1.ª edição ilustrada]
23,8 cm x 17,5 cm
70 págs. + 20 folhas em extra-texto (10 gravuras + 10 folhas-de-guarda legendadas)
ilustrado
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
é o n.º 70 da tiragem comum declarada de 650 exemplares impressos sobre papel offset creme de 120 g
50,00 eur (IVA e portes incluídos)

Inicialmente publicada sob o pseudónimo António Madeira, esta basto conhecida novela (também teve versão teatral), que caracteriza a matriz literária dos prosadores do grupo da Presença, no seu realismo introspectivo, surge aqui em edição de luxo magistralmente ilustrada por Pomar num estilo fechado, soturno, à maneira dos Caprichos de Goya.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089