domingo, junho 30, 2013

Esteiros


SOEIRO PEREIRA GOMES
tradução francesa de Violante do Canto
prefácio de André Wurmser
capa de Jacques Englebert

Lisboa, 1954
Les Editeurs Français Réunis
1.ª edição
18,5 cm x 12 cm
256 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo
livro proibido em Portugal durante a ditadura do Estado Novo, aliás como todas as suas obras [vd. Livros Proibidos no Estado Novo, Assembleia da República, Lisboa, 2005]
120,00 eur (IVA e portes incluídos)

De António Caeiro no Notícias da Amadora (11 de Fevereiro, 1967, cortado pela Censura, e somente publicado em Fevereiro de 2003):
«“Esteiros” [...] aborda o problema da adolescência proletária no Ribatejo. Este livro, que nos faz lembrar os “capitães da areia” do brasileiro Jorge Amado, não pretende provar o que quer que seja. Nem o autor faz quaisquer juízos sobre a situação (não é, contudo, uma crónica no sentido convencional do termo) [, mas] é evidente que o seu conteúdo e o tratamento permite detectar a formação ideológica do escritor e o seu comportamento cívico e vice-versa.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089