quinta-feira, junho 27, 2013

Subsídio para o Cancioneiro Popular do Baixo Alentejo


MANUEL JOAQUIM DELGADO, coment., rec. e notas
capa de Vasco Grácio

Lisboa, 1980
Instituto Nacional de Investigação Científica
2.ª edição
2 volumes (completo)
25 cm x 18 cm
[544 págs. + 1 folha desdobrável em extra-texto] + 176 págs.
exemplares bem conservados; miolo limpo (ambos)
assinatura de posse na primeira página (ambos)
45,00 eur

Trabalho anteriormente publicado, em 1955, na Revista de Portugal de Álvaro Pinto, a sua importância é incontornável para os estudos etnográficos, dividindo-se por dois grandes temas, as “cantigas” (da tradição, mais antigas, portanto) e as “modas” («A razão desta denominação baseia-se no facto de passar a ser cantado por toda a gente, como coisa nova, isto é, como moda, qualquer cantar que aparece no folclore da região»). Do prefácio do Autor:
«[...] Mais de dois terços das poesias aqui coligidas foram por mim próprio recolhidas directamente da boca do povo, não só em Beja, senão também noutras localidades do Baixo Alentejo. As restantes foram-me enviadas por pessoas amigas de vários pontos da Província. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089