sexta-feira, julho 19, 2013

Jerónimo Rossi, Fidalgo Ceramista


VASCO VALENTE
pref. Luís Xavier da Costa

Gaia, 1931
Edições Pátria
1.ª edição
26 cm x 18,5 cm
108 págs. + 8 folhas em extra-texto
ilustrado
capa impressa a negro sobre cartolina gofrada verde-marinho com cromo oval colado, miolo a duas cores
exemplar estimado; miolo limpo, parcialmente por abrir
ocasionais carimbos da Sociedade de Língua Portuguesa
35,00 eur (IVA e portes incluídos)

Jerónimo Rossi, nascido em Génova, notabilizou-se como ceramista portuense, cidade onde veio a falecer em 1821. O seu nome – e o de seu pai Francisco Rossi – encontra-se ligado à fundação da Fábrica de Loiça de Santo António do Vale de Piedade, em Vila Nova de Gaia. O vertente estudo, além de imagens dalgumas peças aí criadas, inclui a reprodução dos sucessivos contrastes identificadores.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089