sábado, setembro 28, 2013

O Príncipe


MAQUIAVEL
tradução de Berta Mendes
prefácio e notas de Manuel Mendes

Lisboa, 1945
Cosmos
1.ª edição
19,4 cm x 13,2 cm
XLVIII págs. + 216 págs.
na prestigiada colecção Biblioteca Cosmos dirigida por Bento de Jesus Caraça
exemplar muito estimado; miolo limpo, por abrir
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

«Raras obras haverá, por certo, que tenham exercido maior e mais prolongada influência no mundo, de há quatro séculos a esta parte [...]», assim abre Manuel Mendes à leitura de tão apaixonante livro.
Uma conhecida passagem do texto (de memória):
«[...] Em verdade, não há modo tão seguro de dominar a outrem como arruiná-lo. E quem se torne senhor de uma cidade acostumada a viver livre, e não a destrua, espere ser destruído por ela; porque ela sempre terá para se refugiar na rebelião o nome da liberdade e as antigas ordenações; os quais, nem pela passagem dos tempos, nem pelos benefícios, podem alguma vez olvidar-se. E por mais que se faça e se providencie, se não se desune ou dispersa os habitantes, não esquecerão estes nem aquele nome, nem aquelas leis, e bem depressa recorrerão a eles em qualquer eventualidade [...].»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089