segunda-feira, dezembro 29, 2014

Luiza Todi



JOAQUIM DE VASCONCELLOS

Porto, 1873
Imprensa Portugueza
1.ª edição
23,5 cm x 17,7 cm
XXXII págs. + 164 págs. + 1 desdobrável de grande formato
subtítulo: Estudo Critico
incluído na série Archeologia Artistica (1.º ano – vol. I – fascículo I)
exemplar estimado, capa com restauros; miolo limpo, por abrir, ocasionais picos de acidez nas primeiras folhas
é o n.º 206 de uma tiragem declarada de 250 exemplares
75,00 eur (IVA e portes incluídos)

Joaquim António da Fonseca e Vasconcelos (1849-1936), marido de Carolina Michaëlis, «[...] foi o fundador duma ciência histórica que jamais encontrará mestres à sua altura; isolado, azedo, sacrificando a bolsa e a saúde, será sempre mantido à margem do ensino da história da arte, que era confiado a professores medíocres. Aliás, a bibliografia artística em Portugal não registará, antes dos anos 90 [do século XIX], outras obras além das suas. E isto também é verdade para a história da música, na qual Vasconcelos foi igualmente um pioneiro mal compreendido e mal apreciado. [...]»
Luísa Rosa d’Aguiar Todi (1753-1833), tendo iniciado a sua carreira aos catorze anos de idade no teatro musical ligeiro, veio a notabilizar-se como cantora lírica erudita.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089