sexta-feira, dezembro 12, 2014

Páginas de Memórias


JÚLIO DANTAS

Lisboa, 1968
Portugália Editora
1.ª edição
20,3 cm x 14 cm
356 págs.
exemplar estimado; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Dantas, preocupado com o surgir de alguma hipotética falsificação da sua biografia, e, inspirado num caso de Bernard Shaw, que aludia a castigos radicais para os prevaricadores, mete mãos à obra, tecendo a seu jeito estas memoráveis páginas. Todavia, só conta aquilo que o não deslustra. É cirurgicamente omitida aqui a sua colisão frontal com os futuristas / modernistas portugueses. Nem sombra dos nomes de Fernando Pessoa ou de Almada Negreiros!, embora valorize em capítulo próprio um «almoço com Marinetti», pioneiro da corrente futurista e autoritário braço direito de Mussolini...

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089