segunda-feira, janeiro 26, 2015

A Ressurreição


MANUEL RIBEIRO
capa de Alfredo Moraes

Lisboa, 1923
Livraria Editora Guimarães & C.ª
1.ª edição
19,3 cm x 12,6 cm
320 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Manuel Ribeiro (1878-1941), ferroviário, começou por ser um ateu anarco-sindicalista, depois foi membro fundador do Partido Comunista Português, acabando por converter-se ao catolicismo. Com colaboração espalhada por publicações de referência, como A Batalha ou A Bandeira Vermelha, será preso no Limoeiro na sequência de uma greve operária em 1920, o que terá influenciado decisivamente o seu retrocesso, mas também a futura abertura de portas ao exercício da profissão de conservador na Torre do Tombo. Artisticamente ficou no rodapé da história literária devido à sua reabilitação do romance tipo “gótico”, que teve o verdadeiro cultor em Alexandre Herculano.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089