segunda-feira, janeiro 26, 2015

Na Linha de Fogo – Crónicas Subversivas


MANUEL RIBEIRO

Lisboa, 1920
Empreza Editora Popular (de Estevam de Carvalho)
1.ª edição
20,1 cm x 13,8 cm
120 págs.
exemplar estimado, com discretos restauros nos topos superior e inferior da lombada; miolo limpo
PEÇA DE COLECÇÃO
55,00 eur (IVA e portes incluídos)

Livro do período revolucionário de Manuel Ribeiro, intencionalmente excluído da sua posterior bibliografia, após ter estado preso e haver renegado antecedentes de vida bem mais interessantes do que a sua conversão mística e o enveredar por uma estética literária menor. Na vertente compilação de artigos, que, entre 1912 e 1913, haviam saído no jornal O Sindicalista, são particularmente interessantes, para além do elogio a Tomás da Fonseca, um referindo-se à acção social e pedagógica de A Voz do Operário e outro deles à «acção directa» propriamente dita.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089