domingo, março 08, 2015

Panegyrico de Luiz de Camões


J. M. LATINO COELHO

Lisboa, 1880
Typographia da Academia Real das Sciencias de Lisboa
1.ª edição
22,4 cm x 14,6 cm
20 págs.
exemplar com a capa envelhecida mas aceitável; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Conferência proferida na Academia por Latino Coelho, então secretário-geral da mesma, e que, acerca de si próprio, dissera um dia:
«[...] Achei no escrever um deleite, uma distracção, um mundo ideal onde me vingar das contradições em que me trazia o mundo positivo. Eis aí por que perseverei escrevendo. Escrevi pela mesma razão por que outros vão à caça, por que outros frequentam as tavolagens, por que outros dançam uma valsa, por que outros esquecem o mundo pelos trebelhos do xadrez, por que outros se entretêm em futilidades ainda menos justificáveis e meritórias. Nunca escrevi para a glória, nem para a posteridade. Os meus escritos ressentem-se da sua origem de ocasião e do intento com que os delineei. São quase sempre improvisos de momento.» (Revista Contemporânea de Portugal e Brasil, vol. II, Lisboa, 1860, cit. in Rafael Bordalo Pinheiro, O Calcanhar d’Aquiles, frenesi, Lisboa, 2005)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089