quinta-feira, maio 07, 2015

A Noite e o Riso


NUNO BRAGANÇA
capa de Mendes de Oliveira


Lisboa, 1969
Moraes Editores
1.ª edição
18,8 cm x 12,1 cm
344 págs.
subtítulo: Tríptico
exemplar bem conservado; miolo limpo
45,00 eur (IVA e portes incluídos)

De seu nome completo Nuno Manuel Maria Caupers de Bragança, até a redução que lhe fez denota o corte com uma sociedade de espartilhos, saias com folhos, polainas e plastrons. E é isso a que a sua escrita literária procede: ao corte com os pergaminhos. Directa, principalmente, livro que prossegue a radicalidade do vertente, sendo o primeiro grande livro publicado após o 25 de Abril, dos que os escritores diziam ter “na gaveta” por causa da censura, verificou-se ser também quase o único. Não existirá ficcionista seu contemporâneo que não tenha ido aí beber, ao seu sarcasmo caricatural e à sua demolição morfológica e sintáctica.
Fez parte do núcleo fundador de O Tempo e o Modo.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089