quarta-feira, junho 24, 2015

Verso e Reverso


SILVA TAVARES
vinheta da capa do livro por Bernardo Marques
arranjo gráfico de José Apolinário Ramos

Lisboa, 1962
ed. Autor
1.ª edição
18,8 cm x 13,5 cm
196 págs.
impresso a duas cores sobre papel superior creme
sobrecapa de protecção armoreada, com atilhos em pele
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
é o n.º 203 de uma tiragem declarada de 363 exemplares fora do mercado, assinados pelo Autor e nominais, sendo o vertente «especialmente impresso para o Ex.º Senhor Dr. Constantino Fernandes»
45,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da Marginália com que o Autor encerra o seu livro, e onde faz reproduzir excertos de cartas por ele recebidas e de críticas literárias avulsas, esta – um mimo retórico! – assinada por Acúrcio Pereira nas páginas de O Século:
«[...] Silva Tavares faz versos como a roseira esplende em rosas formosíssimas e o regato salta cantante, infantil entre as penedias do seu berço. Há neles uma espontaneidade, um viço, um donaire, uma ingénua ou maliciosa graça portuguesa, que estende para nós os braços e nos enleia como gavinhas, despedidas entre pâmpanos triunfais. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089