quarta-feira, julho 15, 2015

A Sericicultura em Portugal



JOAQUIM HENRIQUES FRADESSO DA SILVEIRA

Lisboa, 1869
Typographia Franco-Portugueza – Lallemant Frères, Typ.
1.ª edição
14,4 cm x 9,7 cm
272 págs.
exemplar estimado, falhas de papel na capa; miolo limpo
45,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da nota na abertura do texto:
«Este folheto, que se publica hoje, comprehende o relatorio lido na sessão de 21 de dezembro de 1868 perante a commissão promotora da sericicultura, presidida pelo ex.mo duque de Loulé, e abrange tambem as informações ultimamente obtidas até 31 de março de 1869.»
Assim é que são dadas notícias da presença da amoreira e da criação do bicho-da-seda nas localidades de Angra, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Guarda, Horta, Leiria, Lisboa, Ponta Delgada, Portalegre, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.
Fradesso da Silveira (1825-1875), tendo sido oficial do exército, deputado e lente de física e química na Escola Politécnica de Lisboa, distinguiu-se nos domínios da meteorologia – foi director do Observatório Meteorológico – e da história do fomento e da estatística industriais.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089