quarta-feira, julho 01, 2015

Elegia dos Reis



ALBERTO MONSARAZ

Paris – Lisboa, s.d. [1912]
Aillaud, Alves & Cia
[1.ª edição]
18,6 cm x 11,1 cm
12 págs.
acabamento cosido à linha
exemplar estimado; miolo limpo, com ocasionais picos de oxidação
valorizado pela dedicatória manuscrita do Autor ao poeta Mário Beirão
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Segundo o Dicionário Cronológico de Autores Portugueses (vol. III, Publicações Europa-América, Mem Martins, 1994):
«Poeta e jornalista, dirigiu a revista Nação Portuguesa e o jornal A Monarquia. Foi um dos fundadores do Integralismo Lusitano e bateu-se, no campo literário, pelo neogarrettismo, que defendia os valores tradicionais, o “fundo sentimental da raça”. Versejou de acordo com a escola saudosista e simbolista e usou o pseudónimo de Évora Macedo.
Bateu-se em 1919 pela restauração da Monarquia e foi mais tarde secretário-geral do movimento nacional-sindicalista, ao lado de Rolão Preto, tendo colaborado no jornal Revolução.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089