quinta-feira, julho 23, 2015

O Azeite


ANTONIO PEREZ DURÃO, engenheiro agrónomo

Lisboa, 1930
Livraria Clássica Editora de A. M. Teixeira & C.ª (Filhos)
1.ª edição
19 cm x 12,5 cm
200 págs. + 6 págs. em extra-texto (anunciantes)
subtítulo: Fabricação, Conservação e Comércio
ilustrado no corpo do texto
exemplar estimado, defeitos na lombada; miolo limpo
valorizado pela dedicatória manuscrita do Autor
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

«O azeite é um dos ex-libris da chamada Dieta Mediterrânica, sendo desde tempos imemoriais um elemento importante nos cuidados de saúde e de beleza dos povos do Mediterrâneo e, hoje, de todos os povos do mundo.
[...] Nesses tempos idos o azeite tinha mil usos. Da iluminação à medicina, da cosmética à religião, onde, dirão os mais cínicos, o seu papel na economia da época o consagrou como óleo santo. Os livros de medicina antigos descrevem o azeite como um excelente emoliente, laxante, colagogo e diurético.
Mais documentavam sobre o seu papel na redução da tensão arterial e da glicemia [...], bem como da sua contribuição para resolver os processos inflamatórios. Destas virtudes, e mais algumas, apenas a ciência mais recente pode explicar aquilo que os antigos apenas adivinhavam nos seus efeitos generosos. [...]» (Fonte: Alva Seixas Martins, «Saúde e beleza num fio de azeite», in aa.vv., O Azeite em Portugal, Edições Inapa, Lisboa, 2002)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089