quarta-feira, outubro 07, 2015

O Homem Que Matou o Diabo


AQUILINO RIBEIRO

Lisboa, s.d.
Livraria Bertrand
7.º milhar
19,7 cm x 13,4 cm
392 págs.
encadernação em meia-francesa com lombada em pele elegantemente gravada a ouro
aparado e carminado somente à cabeça
sem capas de brochura
exemplar estimado; miolo limpo
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

Segundo o próprio Aquilino, «êste romance, restituído a vernáculo do protoplasma castelhano e ampliado» a partir do «embrião» El Hombre Que Mató al Diablo (Madrid, 1924), constituiu, após interregno na sua criação literária em que se dedicou a conspirar contra o nascente regime fascista, motivo para reatar «a faina ingrata e vã de escrever para uma terra [Portugal] repartida em dois hemisférios hebéticos na quási totalidade, o dos lentes e o dos iletrados, e conforme com os destinos».

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089