quinta-feira, novembro 12, 2015

O Poeta Cavador Manoel Alves


aa.vv.

Coimbra, 1906
França Amado – Livreiro-Editor
1.ª edição [única]
20,5 cm x 14,3 cm
96 págs.
encadernação em meia-inglesa com cantos em pele e gravação a ouro na lombada, com folhas de enchimento antes e depois da brochura
por aparar, conserva ambas as capas de brochura
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
40,00 eur (IVA e portes incluídos)

Nesta homenagem a Manuel Alves (1843-1901), poeta popular analfabeto da zona da Anadia, apreciado pela gente culta da época (poderemos comparar-lhe o mais recente caso de António Aleixo), colaboram, entre outros, com pequenos ensaios ou meros elogios literários, os seguintes intelectuais: Tomás da Fonseca (a quem se deve o registo escrito da obra de Manuel Alves), o próprio Lopes de Oliveira, Ramalho Ortigão, Guerra Junqueiro, Teófilo Braga, Fialho de Almeida, Bernardino Machado, Mayer Garção, Vicente Arnoso, Justino de Montalvão, Silva Pinto, Afonso Lopes Vieira, João de Barros, etc.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089