sábado, janeiro 16, 2016

Invocação ao Meu Corpo


VERGÍLIO FERREIRA
capa de João da Câmara Leme

Lisboa, 1969
Portugália Editora
1.ª edição
19,6 cm x 14,1 cm
416 págs.
subtítulo: Ensaio com um Post-Scriptum sobre a Revolução Estudantil
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo, por abrir
47,00 eur (IVA e portes incluídos)

Segundo o escritor António Quadros (Fundação Calouste Gulbenkian, fichas para aquisição de livros), depreciando Vergílio Ferreira: «Conforme escreve o autor, “o ponto de convergência de toda a problemática enunciada, é o da reconquista da plenitude do indivíduo, referenciado ao corpo que o constitui”. É um ensaio de reflexão sobre o homem e a sua problemática, partindo de uma “invocação” existencial e fenomenológica muito atenta às vivências pessoais do autor, aos problemas específicos da nossa época, aos caminhos mais recentes da cultura europeia (existencialismo, estruturalismo, contestação estudantil). Vergílio Ferreira, pensador perturbado pela ausência de Deus, é mais um escritor da linhagem de Nietzsche [...]. Mas, sem o poder filosófico do autor da Gaia Ciência, não raro se vê diante de contradições e paradoxos de difícil resolução. O seu humanismo, ou é o eco de muitos outros humanismos congéneres, ou revela uma ambiguidade com algo de estéril. [...]»
Todavia, foi Vergílio Ferreira quem acabou por lhe ser reconhecido um inequívoco lugar cimeiro na cultura portuguesa...

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089