segunda-feira, janeiro 11, 2016

Palito Métrico e Correlativa Macarrónea Latino-Portuguesa


[JOÃO DA SILVA REBELO
ANTONIO DUARTE FERRÃO
et alli]
pref. A. G. Da Rocha Madahil

Coimbra, 1942
Oficinas da Coimbra-Editora, L.da
nova edição («de harmonia com a quarta, de 1792») da tiragem primitiva não aparada*
20,9 cm x 14,6 cm
LII págs. + 434 págs.
subtítulo: Apontoado de Versos Macarrónicos Latino-Portugueses, que alguns poetas de bom humor destilaram do alambique da cachimónia para destêrro da melancolia
exemplar estimado; miolo limpo
discreta assinatura de posse no frontispício
47,00 eur (IVA e portes incluídos)

Quem sabe da cultura sabe que esta obra trata, pela primeira vez, daquilo que veio a designar-se por “praxes académicas”; mas aborda-o de um modo jocoso que em nada acentua a obediência humilhante a uma suposta ordem hierárquica ou veterânica, outrossim vê nessa recepção dos caloiros um intervalo de traquinice. Quem sabe da cultura sabe que esta obra não se intitula Palito Métrico, título de apenas um dos seus capítulos, que conta também com muitos outros, sendo seus autores também António Serrão de Castro, Paulo Moreno Toscano, António Rodrigues Flores, Domingos Gonçalves Perdigoto, Braz Dias Codea, António Castanha Neto Rua. Quem sabe da cultura sabe também que o autor verdadeiro da Macarrónea foi o padre João da Silva Rebelo (ver Inocêncio Francisco da Silva, Diccionario Bibliographico Portuguez, tomo IV, Imprensa Nacional, Lisboa, 1860):
«Presbytero secular, natural do logar do Sortão, concelho do Vimieiro, proximo á villa de Alcobaça. Cursava os estudos da Universidade de Coimbra pelos annos de 1746 [...], e consta que chegára a tomar os gráus; não se sabe porém se na faculdade de Theologia, ou na de Canones. [...] É tradição que [...] falecêra pelos de 1790, pouco mais ou menos, contando para mais de 80 de edade [...].
Foi este o celebrado auctor do Palito metrico, e de outras obras, que publicadas primeiro avulsamente, e quasi todas sob o pseudonymo de Antonio Duarte Ferrão, foram depois com mais algumas de diversos auctores colligidas no volume intitulado Macarronea Latino-portugueza [...].
A primeira edição do Palito metrico foi feita pelo P. João da Silva no anno de 1746, quando frequentava ainda os estudos na Universidade. [...]»
Inocêncio considera, precisamente, a quarta impressão como «preferivel em todo o sentido ás anteriores».

* Conhecem-se alguns exemplares da mesma edição ligeiramente aparados e com uma sobrecapa a cor, esperteza comercial muitas vezes utilizada pelos editores, a fim de fazer passar nas lojas, como novo, os invendáveis amontoados nos seus armazéns.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089