terça-feira, abril 19, 2016

La Integridad de la Patria – Cataluña ante el espíritu de Castilla


I. [IGNASI] DE L. [LOYOLA] RIBERA Y ROVIRA
pref. Juan Maragall

Barcelona, s.d. [circa 1907]
Librería Científico-Literaria José Agustí
1.ª edição
17,3 cm x 10,8 cm
224 págs.
exemplar estimado, acidez na lombada; miolo limpo
45,00 eur (IVA e portes incluídos)

Lusitanista catalão, vindo para Portugal apenas com vinte anos, em 1900, trouxe-o seu pai para Tomar aquando nomeado para director da Real Fábrica de Fiação e Tecidos. Ignasi de Loyola Ribera y Rovira (1880-1942) inicia desde logo um trabalho como correspondente junto de vários jornais catalães, onde promove uma salutar campanha de aproximação cultural regionalista entre Portugal e a sua íntegra Catalunha. Será também ele que, em representação do município de Barcelona, convida a aí deslocarem-se vários artistas portugueses, a fim de tomarem parte na 5.ª Exposição Internacional de Arte. Acabou por ser mesmo ele o comissário-delegado para a representação portuguesa. No vertente livro, Ribera y Rovira aborda e analisa as relações políticas e culturais ibéricas através dos tempos, lamentando a relutância portuguesa em vista de um projecto federalista. (Fonte: Eduardo Mayone Dias, «Um Lusitanista Catalão: Ribera i Rovira», in Colóquio / Letras, n.º 27, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 1975)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089