quarta-feira, julho 06, 2016

A Revolução Portugueza, 1907-1910 [junto com] Caras Lavadas - Machado Santos





MACHADO SANTOS
JOAQUIM MADUREIRA (BRAZ BURITY)

Lisboa, 1911
Papelaria e Typographia Liberty de Lamas & Franklin (ambos)
1.ª edição (ambos)
2 livros enc. em 1 volume
24,6 cm x 14,7 cm
[a] 176 págs. + 1 folha desdobrável em extra-texto [intercalada nas págs. 104-105]
[b] 16 págs.
subtítulos: [a] Relatório [variante com o último texto, «O Povo», impresso por inteiro na pág. 174]; [b] Depoimento de um cumplice recente
encadernação de amador modesta, com gravação a ouro na lombada
aparado, conserva a capa anterior de brochura do livro [a]
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da portada:
«[...] Depois da proclamação da Republica, os heroes e os organisadores da revolução cahiram sobre o Paiz como nuvem de gafanhotos. O Governo Provisorio tomou-os a serio e os verdadeiros foram postos de banda.
Seria caso virgem na historia não succeder assim.
O nosso relatorio desmascara-os, porque, no momento da acção, ninguem sabe onde se esconderam.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089