domingo, julho 17, 2016

Figuras Gradas do Movimento Social Português


ALEXANDRE VIEIRA
et alli

Lisboa, 1959
Edição do Autor
1.ª edição
22 cm x 15,8 cm
XVI págs. + 208 págs.
ilustrado
exemplar muito estimado; miolo limpo
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR
peça de colecção
50,00 eur (IVA e portes incluídos)

Limita-se o autor a compilar importante informação de algum modo dispersa pela imprensa periódica, no sentido de conseguir um corpo histórico-biográfico coeso em torno dos mais destacados protagonistas do movimento operário. Diz-nos uma passagem do seu prefácio à obra:
«[...] Muitas, quase todas as pessoas que figuram nas biografias que constam do presente volume, foram consideradas, pelos que ocupavam posição de mando – sem excluir, é claro, os seus mandatários –, criaturas perigosas, e como tal tratadas. [...]»
Outras destas figuras não terão sequer sido controversas para o «mando», como Afonso Lopes Vieira, cuja biografia inclusa Alexandre Vieira, homem de nobre carácter, justifica exemplarmente assim:
«[...] Haverá, seguramente, quem estranhe que eu inclua neste volume a biografia do Dr. Afonso Lopes Vieira, biografia que publiquei em A Voz do Operário, pouco depois do falecimento do Poeta. E tal estranheza provirá da circunstância de se não ignorar que o extinto [se] formou em sector social diametralmente oposto ao do autor, isto é, no Integralismo.
Se isso é certo, houve, porém, na vida desse escritor atitudes em que demonstrou que era um carácter nobre, o que não me é indiferente, antes pelo contrário. Duas dessas atitudes manifestou-as em relação a adversários políticos: Raul Proença e a minha pessoa. Para com Proença, num momento em que este forte lutador era contumazmente perseguido, não se havendo arreceado de lhe dar abrigo na sua acolhedora casa; para comigo, quando, em pleno tribunal da Boa-Hora, declarou, com altivez, que se honrava de acamaradar com os tipógrafos que compunham os seus livros. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089