domingo, julho 24, 2016

Projecto e Instrucções para o Estabelecimento de Pombaes Militares no Continente de Portugal



AUGUSTO C. [CÉSAR] BON DE SOUSA

Lisboa, 1888
Imprensa Nacional
1.ª edição
22,5 cm x 14,7 cm
VIII págs. + 158 págs. + 2 desdobráveis (grande formato)
encadernação modesta em meia-inglesa com gravação a ouro na lombada
exemplar estimado, sinais de traça na base do fêsto; miolo limpo
ostenta colado no ante-rosto o ex-libris de João Paulo de Abreu e Lima
140,00 eur (IVA e portes incluídos)

Augusto César Bon de Sousa (1832-1905), militar de carreira, atingiu o posto de general. Especialista em transmissões militares, foi pelo então Ministério da Guerra incumbido de dar destino a alguns casais de pombos de raça apropriada, oferecidos a Portugal, o qual, tratando logo de se instruir nas muitas publicações que sobre o assunto se haviam feito no estrangeiro, reconhecendo que se tornava preciso ensinar também o pessoal inerente à instituição na forma de proceder durante as diferentes fases por que passam os pombos-correios, resolveu-se a escrever o vertente livro, não só para haver uma maior uniformidade no ensino, mas para lhes servir de guia por onde se pudessem regular sem auxílio estranho. A estação dos pombos-correios foi, na altura, instalada no antigo convento da Penha de França. (Fonte: Esteves Pereira / Guilherme Rodrigues, Portugal – Diccionario Historico, Biographico, Bibliographico, Heraldico, Chorographico, Numismatico e Artistico, vol. II, João Romano Torres – Editor, Lisboa, 1906)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089