sexta-feira, julho 22, 2016

Sol Nascente – Quinzenário de ciência, arte e crítica



Porto, 30 de Janeiro de 1937 a 15 de Abril de 1940
dir. Carlos F. Barroso
ed. e proprietário Dilermando Marinho
43 números*
34 cm x 25,5 cm (estojo)
[41 x 16 págs.] + 24 págs. (n.º duplo 43-44)
exemplares muito estimados; miolo limpo
fascículos acondicionados num moderno estojo próprio em tela preta com o título impresso na tampa
RARA PEÇA DE COLECÇÃO
800,00 eur (IVA e portes incluídos)

Periódico de oposição ao Estado Novo, vastamente colaborado, entre muitos outros, por escritores e artistas plásticos como Abel Salazar, Castelo Branco Chaves, Agostinho da Silva, Dórdio Gomes, Dominguez Alvarez, Afonso Ribeiro, Adolfo Casais Monteiro, Alberto de Serpa, Vicente Campinas, Mário Dionísio, João Pedro de Andrade, João Falco (Irene Lisboa), José Régio, Jorge Barradas, João José Cochofel, Fernando Namora, Mário Sacramento, Alves Redol, Dias Lourenço, Ruy Luís Gomes, Fernando Piteira Santos, Álvaro Cunhal, Manuel da Fonseca, etc. Tendo começado com alguns intelectuais ligados aos ideários republicano e presencista, acaba por, num violento confronto verbal entre as partes em disputa, deixar emergir um tom de combate revolucionário afecto ao neo-realismo e ao Partido Comunista, que, dentro do possível cavalgando a triagem da censura oficial, se estenderá até ao fecho da publicação.

* Com falta dos números 3 e 38.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089