sábado, agosto 13, 2016

Introduction a une Nouvelle Poésie et a une Nouvelle Musique



ISIDORE ISOU

Paris, 1947
Librairie Gallimard
3.ª edição
texto em francês
18,8 cm x 12,1 cm
416 págs.
exemplar estimado; miolo limpo
VALORIZADO PELA ASSINATURA DE POSSE DO ESCRITOR SURREALISTA RICARTE-DÁCIO
77,00 eur (IVA e portes incluídos)

O volume abre com o «Manifeste de la Poésie Lettriste», que todo o livro desenvolve amplamente numa análise filosófica, estética e cultural da história da poesia francesa. No fundo, todo o livro se organiza doutrinariamente contra os poetas amáveis de todas as épocas, que fazem a delícia de senhoras e cavalheiros, nos salões, e causam o orgasmo da crítica assalariada, nas latrinas; organiza-se também contra uma certa escrita a prémio, mais fingidamente elaborada, mas de idêntico modo destinando-se à delícia dos mesmos tais, que, por acaso, costumam ser, eles mesmos, os júris destes ditos certames... certames circularmente destinados à pulsão académica da crítica.
Impulsionador da acção letrista, desde esta sua obra inaugural, Isidore Isou (1925-2007) vinha colmatar o esmorecimento revolucionário de dadá e do surrealismo no imediato pós-guerra. O grupo de poetas e artistas de vanguarda que reuniu à sua volta, mais não fosse, esteve na origem nuclear da Internacional Situacionista fundada por Guy Debord.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089