quarta-feira, setembro 07, 2016

A Vida em Lisboa


JULIO CESAR MACHADO

Lisboa, 1901
Parceria Anronio Maria Pereira (Livraria Editora)
2.ª edição
2 volumes (completo)
18,2 cm x 12,3 cm
200 págs. + 208 págs.
subtítulo: Romance Contemporaneo
encadernações editoriais dissemelhantes (vermelha e azul) em tela encerada com gravação a negro e ouro nas pastas e na lombada
folhas-de-guardas impressas com o catálogo da casa editora
exemplares muito estimados; miolo limpo
carimbo de posse no ante-rosto do vol. 1.º
30,00 eur (IVA e portes incluídos)

Júlio César Machado foi por excelência o escritor da cidade de Lisboa, aqui nascido em 1835, aqui levado ao suicídio em 1890. Puxava-o ela para as letras, a um miúdo que aos catorze anos fez o seu primeiro sucesso à volta do palco do Teatro do Salitre, para nunca mais deixar o convívio entre camarins ou camarotes, quer como autor e tradutor de peças, quer como atento observador do tráfego de ideias que ia da ribalta à escuridão das salas. Também o romance e a novela, também a biografia, também o apontamento de viagem foram por si cultivados. A sua doce capacidade de observação de usos e costumes permitia-lhe caldear no mesmo estilo literário, em que a vulgar crónica jornalística, de repente, era já um romance local de época.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089