domingo, setembro 11, 2016

Eros de Passagem



EUGÉNIO DE ANDRADE
JOSÉ J. RODRIGUES, ilust.
grafismo de Armando Alves

s.l. [Porto], 1968
s.i. [ed. José da Cruz Santos]
1.ª edição
17,3 cm x 22,7 cm (oblongo)
20 págs. (texto) + 10 folhas (desenhos, dois impressos ao alto e oito ao baixo)
texto impresso sépia sobre papel avergoado creme, desenhos impressos a negro sobre papel branco mate para off-set
encapamento de tipo nipónico com folhas e cadernos soltos dentro de pasta em cartolina negra impressa a dourado
exemplar muito estimado; miolo limpo
é o n.º 423 de uma tiragem de apenas 500 exemplares assinados por ambos os Autores
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO ESCRITOR
110,00 eur (IVA e portes incluídos)

Livro publicado por aquele que viria a ser o editor da Inova. Aliás, constitui uma espécie de ante-projecto editorial, em que Cruz Santos faz a sua estreia no Porto após vários anos de ligação à Portugália, editora de Lisboa que se notabilizou, na área da edição de poesia, com a Colecção Poetas de Hoje. Pode, até, dizer-se que o vertente livro, ainda sem qualquer chancela, mas produzido por aqueles que lhe irão dar corpo estético e cultural (Armando Alves, José Rodrigues e Eugénio serão aí uma presença permanente e duradoira), é já obra Inova-dora.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089