segunda-feira, outubro 10, 2016

História do Jardim Zoológico de Lisboa


FERNANDO EMYGDIO DA SILVA
pref. L. Mano


Lisboa, 1965
[Zoo]
1.ª edição
22,7 cm x 16,2 cm
XXII págs. + 620 págs. + 39 extra-textos com fotografias + 3 plantas desdobráveis
subtítulo: Os Movimentados Oitenta Anos da Sua Meritória Existência, 1884-1964
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR
70,00 eur (IVA e portes incluídos)

Fundado durante o reinado de D. Fernando II, o Jardim Zoológico que hoje conhecemos tem a sua própria história, sempre interligada às vicissitudes do poder político em geral e às do poder local em particular, e que é por Emygdio da Silva dissecada ao pormenor.
Uma passagem do texto:
«[...] Dizia, com efeito, o Diário de Notícias, em 3 de Agosto de 1882:
"Consta que se está tratando sèriamente, por iniciativa do dr. Van der Laan, amador entusiasta e proprietário do maior aviário em Portugal, auxiliado pelos distintos professores drs. Bocage, Bento de Sousa, Sousa Martins e May Figueira, de fundar num dos lugares mais apropriados da capital, um estabelecimento tão agradável para Lisboa, quanto útil para todo o País.
"Formar-se-á uma sociedade de zoologia e de aclimação de animais e plantas úteis e ornamentais, com aquário, como já existe, de primeira ordem, no Bois de Boulogne (Paris) e na Haya (Holanda). [...]"»
Achámos interessante juntar-lhe o breve opúsculo dos seus antigos estatutos como «sociedade anonyma de responsabilidade limitada».

pedidos para:
pcd.frenesi@gmail.com
telemóvel: 919 746 089