sexta-feira, novembro 18, 2016

Turismo, Fonte de Riqueza e de Poesia


ANTÓNIO FERRO

Lisboa, 1949
Edições SNI [Secretariado Nacional de Informação, sucessor do SPN (Secretariado da Propaganda Nacional)]
1.ª edição
18,4 cm x 12,6 cm
122 págs. + 9 folhas em extra-texto
colecção Política do Espírito
capa a duas cores directas e relevo seco
impresso sobre papel avergoado
exemplar estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Uma passagem do texto:
«[...] Quem desejar [...] valorizar o problema [do turismo], tem de libertar, antes de mais nada, a palavra turismo da sua falsa indumentária de ociosidade e luxo, convencendo os incrédulos, os cépticos, das suas vantagens, talvez escondidas mas sólidas e profundas.
[...] O turismo constitui, em primeiro lugar, uma indústria importante, que não pode deixar de ser nacional pois é função das condições naturais do país em que se desenvolve. [...]
O nacionalismo essencial, inevitável, dessa indústria, justifica, só por si, o seu excepcional interesse. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089