quarta-feira, janeiro 18, 2017

A Paixão Chinesa de Wenceslau de Moraes


DANILO BARREIROS
pref. Tereza Sena
capa de Pedro Barreiros

Macau, 1990
Instituto Português do Oriente
2.ª edição
24,2 cm x 18 cm
82 págs.
profusamente ilustrado
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Leopoldo Danilo Barreiros (1910-1994), tendo nascido em Lisboa, radicou-se em Macau em 1933, pelo que se tornou um importante defensor e promotor da cultura oriental, destacando-se os seus breves apontamentos acerca de Wenceslau de Moraes e de Camilo Pessanha. O vertente, trata-se de uma das mais interessantes perspectivas sobre a vida do «exilado de Tokushima», mas também daquele que, além do Japão, amou através de uma «rapariga de 15 anos, a Atchan [nome familiar de Vong-Ioc-Chan] com quem viveu intimamente», amou uma cultura chinesa não menos perturbante do que a nipónica.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089