sexta-feira, fevereiro 24, 2017

Evora – Cancioneiro Geral



ANTONIO FRANCISCO BARATA [comp.]
[desenho da capa de D. Fernando de Saxe-Coburgo-Gotha (?) ou de Nogueira da Silva (??)]
prólogo de Theophilo Braga


Évora, 1902
Empreza Typographica Eborense
1.ª edição
23,4 cm x 17,7 cm
XXVI págs. + 278 págs.
subtítulo: Continuação ao de Garcia de Resende
mancha tipográfica particularmente elegante dadas as vastas margens de papel, com todas as aberturas de poema encabeçadas por grande variedade de vinhetas tipográficas
as capitulares T e A, com que abrem a «Prefação do Compilador» e «Este Cancioneiro», tudo nos leva a crer que terão sido desenhadas e mandadas fundir de propósito para a vertente obra
encadernação em meia-francesa com cantos em pele, folhas-de-guarda em papel de fantasia marmoreado, gravação a ouro na lombada e nos remates da pele em ambas as pastas
no bordo inferior direito da pasta posterior apresenta gravado a seco «Livraria Moraes»
aparado e carminado somente à cabeça
conserva as capas de brochura
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
ostenta colado no verso da pasta anterior o ex-libris do engenheiro agrónomo e bibliófilo «Doutor João Braga»
100,00 eur (IVA e portes incluídos)

Documento tirado do «[...] pó dos archivos e da letra apagada e quasi illegivel [...] do seculo XVI [...]», «[...] Neste valioso codice da Bibliotheca de Evora salvo pela imprensa, predominam os documentos poeticos da gloriosa edade quinhentista; ainda se encontram eccos dos serões palacianos [...]». Tudo isto e uma sua análise histórica detalhada nos proporciona o erudito Teófilo, dando relevo à importância cultural de um século em que Portugal esteve no âmago da civilização no Ocidente.
A título de curiosidade, fecha o volume com um invulgar cólofon:
«Neste solo transtagano
Na famosa Liberalitas
Julia
, do povo romano,
Foi este Cancioneiro
Impresso, como o primeiro
Em Lisboa o foi, no anno
De quinhentos dezeseis
Sobre mil subentendidos,
Com mais um, já decorridos,
Trezentos outenta e seis.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089