quarta-feira, fevereiro 08, 2017

O Coração e a Espada


ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA
pref. David Mourão-Ferreira
capa de António Vaz Pereira

s.l. [composto e impresso no Centro Gráfico de Famalicão], 1953
Távola Redonda
1.ª edição
21 cm x 16 cm
88 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo
assinatura de posse no frontispício
é o n.º 150 de uma tiragem extra de apenas 165 exemplares numerados
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do estudo introdutório da Mourão-Ferreira:
«[...] Couto Viana opta pelo inferno da irredutibilidade entre si e os ritmos vitais, já que não é possível aquela perfeita concordância que veementemente deseja. Esta dolorosa opção origina, na sua Poesia, ora uma atitude de ensimesmamento quase comodista [...], ora certa maneira irónica [...], ora ainda o tom grave e patético destes dois alexandrinos [«Tenho lábios de pedra (há dor nesta secura!) / E há rios a fluir, longe das minhas veias»] [...].»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089