quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Peregrinatio ad Loca Infecta


JORGE DE SENA
capa de João da Câmara Leme

Lisboa, 1969
Portugália Editora
1.ª edição
20,1 cm x 14,1 cm
XVI págs. + 204 págs.
subtítulo: 70 Poemas e um Epílogo [ou] 70 poemas, alguns dos quais amáveis, com um epílogo altamente filosófico, e sem prefácio do autor
é o n.º 33 da Colecção Poetas de Hoje
reproduz na pág. VII um poema autógrafo zincogravado
exemplar como novo
junta-se marcador publicitário onde, além de notícia editorial acerca da excelência do Autor, é dada ao título a tradução «Peregrinação a Locais Infectos»
50,00 eur (IVA e portes incluídos)

Diz o poeta no seu “não-prefácio”:
«[...] O título é caricatura de Peregrinatio ad loca sancta, espécie de guia e relatório devoto, artístico e prático do peregrino da Terra Santa, que constitui um dos mais preciosos documentos existentes para o estudo do latim vulgar. Terá sido composto por Etéria ou Egéria, ou santa qualquer coisa, freira talvez de Braga, que, em 395 da nossa era, viajou à Palestina, ao Sinai, ao Egipto e a Constantinopla. Como se vê, a mania portuguesa de viajar e relatar as peregrinações feitas é antiga. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089