quarta-feira, março 22, 2017

Cavalgada do Sonho


JULIÃO QUINTINHA
capa de Bernardo Marques

Lisboa, 1924 [aliás, 1925]
Portugal-Brasil, Sociedade Editora – Arthur Brandão & C.ª
1.ª edição
19 cm x 12,2 cm
244 págs.
exemplar manuseado mas aceitável; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Figura de referência para a vila de Silves, onde nasceu e chegou a dirigir o concelho, tendo sido operário e, depois, alfaiate estabelecido, veio a destacar-se como jornalista e como tal fez carreira, na República e, sob apertada vigilância das polícias, na Ditadura. Como escritor de ficção, pode enquadrar-se no neo-realismo sui generis que teve Ferreira de Castro por modelo.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089