segunda-feira, março 13, 2017

Ossobó


RUY CINATTY

Braga, 1967
Editora Pax, Lda.
3.ª edição*
14,7 cm x 10,7 cm
24 págs.
acabamento com um ponto em arame
exemplar muito estimado; miolo limpo
PEÇA DE COLECÇÃO
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

«[...] profético conto Ossobó, sobre um pássaro da ilha do Príncipe que em tudo nos lembra, e por isso o digo profético, o percurso poético e existencial, porque ambos estão intimamente ligados, de Cinatti.
No Ossobó reconhecemos uma excepcional inquietude, tem os seus companheiros mas isola-se, gosta de ver tudo, tem um canto que parece alegre, mas povoado de recordações, anda de vale em vale preso ao seu destino [...]. Nesta fábula, onde a alegria da vida no seio da floresta contrasta com a queda do fruto podre e a ameaça das cobras traiçoeiras, vislumbramos já o prenúncio de uma poesia que ter-se-á imposto ainda antes de ser palavra escrita, porventura quando o poeta perdeu a mãe e ficou aos cuidados do avô paterno depois do pai partir para os EUA, ou quando após o regresso a Portugal o pai se desentendeu com o filho e o colocou fora de casa, dando origem a uma peregrinação imparável como a do pássaro qua anda de vale em vale a tentar ver tudo o que há para ver e oferecendo o seu canto nostálgico ao mundo.
Vida e poesia ligam-se aqui com uma naturalidade desarmante. [...]» (Henrique Manuel Bento Fialho, in Antologia do Esquecimento [pág. electrónica], 26 de Dezembro, 2014)

* Publicação original na revista O Mundo Português, e depois numa separata editada pelo mesmo periódico.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089