terça-feira, maio 09, 2017

A Muralha


AGUSTINA BESSA LUÍS

Lisboa, 1957
Guimarães Editores
1.ª edição
19,1 cm x 12,4 cm
432 págs.
exemplar estimado, apresenta sinais de vinco no canto superior esquerdo da contracapa; miolo limpo
70,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da História da Literatura Portuguesa (António José Saraiva / Óscar Lopes, Porto Editora, 10.ª ed., Porto, 1978):
«[...] Uma das feições mais notáveis do pós-guerra é o desenvolvimento da ficção de autoria feminina, fenómeno aliás universal, mas entre nós de extraordinário relevo histórico-social e temático. [...]
Algumas das melhores revelações femininas podem ligar-se àquela tendência aparentemente demolidora de todas as ideologias, sobretudo disciplinadas e consequentes, que procura atingir a mola íntima, existencial, de liberdade, através de uma nauseada ou angustiada negação sistemática, tão semelhante à teologia negativa dos místicos. [...] Uma negatividade mais radical, nascida de um ainda mais profundo sentido de decadência na burguesia originariamente rural, e servido por uma extraordinária exuberância, algo indisciplinada, de evocações, pormenorizadas até à alucinação ou simplificadas até aos casos patologicamente mais significativos, eis o que informa os romances caudalosos de um dos mais originais ficcionistas de hoje, Agustina Bessa Luís [...].»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089