domingo, maio 14, 2017

O Pensamento Criacionista


LEONARDO COIMBRA

Porto, 1915
Edição da Renascença Portuguesa
1.ª edição
18,1 cm x 12,1 cm
224 págs.
subtítulo: Lições efectuadas na Universidade Popular do Porto em Abril e Maio de 1914
composto manualmente
encadernação editorial em tela gravada a ouro na pasta anterior e na lombada
conservas as capas de brochura
exemplar estimado; miolo limpo
assinaturas e carimbos de posse nas folhas-de-guarda e no frontispício
65,00 eur (IVA e portes incluídos)

Co-fundador da Renascença Portuguesa, por duas vezes ministro da Instrução Pública, «[...] Orador, professor e filósofo excepcionalmente dotado, deixou-nos a obra especulativa mais importante, original e removedora da primeira metade do século XX e formou um escol de discípulos – Newton de Macedo, Delfim Santos, José Marinho, Álvaro Ribeiro, Sant’Anna Dionísio, Augusto Saraiva e António Dias de Magalhães – cujo pensamento marcou decisivamente as mais recentes décadas.
O sistema filosófico criacionista, que veio desenvolvendo desde 1912, é uma forma pessoal de idealismo radicado numa noção aberta e dinâmica da razão e numa ontologia pluralista e ascendente, coroada por uma teodiceia de inspiração franciscana e cristã, que não exclui um fundo sentido cósmico.» (In Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, vol. III, Publicações Europa-América, Mem Martins, 1994)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089