sexta-feira, maio 05, 2017

O Processo dos Távoras – A Expulsão dos Jesuítas


CONSELHO DE MINISTROS DO GOVERNO DE D. JOSÉ I
coord. Manuel João Gomes, comentários de Amadeu Lopes Sabino, Fernando Luso Soares, João Duarte da Cruz, Ana Martins e António Barros Lima

Lisboa, 1974
Edições Afrodite de Fernando Ribeiro de Mello
1.ª edição
18,5 cm x 13,5 cm
16 págs. + 496 págs.
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
70,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do prefácio de Manuel João Gomes:
«[...] O processo chamado dos Távoras, a execução dos ditos Távoras e de vários outros nobres, a execução do Padre jesuíta Gabriel Malagrida e a expulsão do país de todos os Jesuítas são outros tantos factos que marcam violentamente em Portugal o fim do chamado, em toda a Europa, Ancien Régime.
Com esses factos nasce definitivamente em Portugal a certeza de uma “nova política”: um pré-capitalismo em que o poder económico (e portanto os outros) passa para a mão dos burgueses; os nobres passam a ser um ornamento da nação, os padres deixam de ser os senhores que eram da cultura, tornando-se servidores da cultura burguesa.
Na leitura dos textos deste processo há-de primariamente descobrir-se quanto os papéis se invertem e quanto as personagens se vão transformando noutras: os juízes e executores passam a ser réus e executados... [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089