segunda-feira, junho 05, 2017

Escravatura: A Empresa de Saque – O Abolicionismo (1810-1875)


JOSÉ CAPELA
grafismo de João Machado

Porto, Outubro de 1974
Edições Afrontamento (ed. José Soares Martins)
1.ª edição
19,3 cm x 12,4 cm
308págs.
ilustrado
exemplar muito estimado, apresenta um vinco na capa, embora sem qualquer sinal de quebra na lombada; miolo limpo
35,00 eur (IVA e portes incluídos)

Algumas passagens do ensaio:
«[...] Antes de Marcelo Caetano, já Oliveira Martins [...] justificara a escravidão com a inferioridade das raças índias do Brasil e das africanas. A guerra teria estado na origem da escravidão desde toda a antiguidade e foi também “a causa imediata da escravização dos indígenas no Ultramar”. O carácter próprio da escravatura moderna não lhe advém da espécie de cativeiro duro imposto a vencidos, mas sim de: “A exploração e o comércio do negro, como máquina de trabalho, eis aí o que é peculiar dos tempos modernos, e não o facto da existência de classes na condição de escravos dentro de uma sociedade”.
O mesmo autor acha que não temos de que nos envergonhar por termos sido os primeiros no tráfico, porque “sem negros, o Brasil não teria existido; e sem escravos nação alguma começou”. [...]
Não há dúvida que se génio houve no Infante foi o de negociante que soube arquitectar, prever e esperar uma exploração inteiramente nova de tráfico intercontinental, a uma escala jamais observada. E que agia calculadamente está patente no facto de, logo aos primeiros resultados da expedição, ter a coroa portuguesa requerido ao Papa a legitimação da empresa, o que fez a Eugénio IV. [...]
A primeira [bula] autoriza o rei de Portugal a atacar, conquistar e subjugar pagãos e outros infiéis, a capturar seus bens e territórios; a reduzir suas pessoas à escravatura perpétua e a transferir as suas terras e propriedades para o rei de Portugal e seus sucessores. [...]»
Até à sua extinção, a escravatura manter-se-ia como a maior, quase única, fonte de receitas públicas, nas colónias africanas. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089