segunda-feira, julho 03, 2017

Parágrafos



RAUL DE CARVALHO
ilust. Lopes Alves

Lisboa, 1956
ed. Autor
1.ª edição
25,6 cm x 19,3 cm
56 págs.
ilustrado
exemplar estimado, capa suja; miolo limpo
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO POETA AO ESCRITOR ROMEU CORREIA
40,00 eur (IVA e portes incluídos)

Uma passagem deste admirável e simples livro confessional... como era o próprio poeta Raul de Carvalho (1920-1984):
«[...] Lá fora (estou no meu quarto, de aluguer), lá fora há uma cidade enorme (a cidade é um polvo, enorme), uma cidade cheia de gente, e casas, e leitos e famílias, e talvez que um pouco menos de solidão, em certas horas.
E há os meus projectos, os meus velhos projectos: a roupa limpa (camisas brancas, muito bem lavadas (lavadas como minha mãe sabia), tantas que eu possa vestir uma, lavada, todos os dias [...].»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089