quinta-feira, julho 20, 2017

Tratado da Majestade, Grandeza e Abastança da Cidade de Lisboa, na 2.ª Metade do Seculo XVI


JOÃO BRANDÃO (DE BUARCOS)
org. Anselmo Braamcamp Freire
pref. e notas de J. J. Gomes de Brito

Lisboa, 1923
Livraria Ferin, Editora
1.ª edição
29,5 cm x 21,3 cm
XVI págs. + 280 págs.
subtítulo: Estatistica de Lisboa de 1552
impresso sobre papel superior de linho
exemplar em bom estado de conservação, discreto restauro na lombada; miolo irrepreensível, parcialmente por abrir
PEÇA DE COLECÇÃO
120,00 eur (IVA e portes incluídos)

Assim termina Gomes de Brito a sua Advertência Prévia:
«[...] Em uma palavra, João Brandão, com o seu prurido de cronista da sua Lisboa bem amada, inverteu ou não o significado dos factos que regista, classificando-os justamente ao inverso do que lhe cumpria?
Para nós, não há duas opiniões. Onde neste livro se lê “Majestade”, deveria antes lêr-se “Miseria”, onde se lê “Grandeza”, deveria lêr-se “Mesquinhez”; onde, finalmente, se lê “Abastança”, deveria lêr-se “Pobreza”.
O livro porêm, aí fica, e o leitor poderá fazer o seu juizo e apreciar quanto trabalho êle custaria ao seu autor, e quantas dificuldades foi necessário vencer para o comentar e esclarecer.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089