domingo, julho 30, 2017

Tratado de Metrificação Portugueza



A. [ANTÓNIO] F. [FELICIANO] DE CASTILHO

Lisboa, Outubro de 1858
Em Casa dos Editores Livraria Central
2.ª edição («correcta e augmentada»)
19,1 cm x 13,5 cm
XII págs. + 156 págs.
subtítulo: Para em pouco tempo e até sem mestre se aprenderem a fazer versos de todas as medidas e composições seguido de considerações sobre a declamação e poetica
encadernação da época com sóbria gravação a ouro na lombada
pouco aparado, sem capas de brochura
exemplar estimado; miolo irrepreensível
55,00 eur (IVA e portes incluídos)

Do Prólogo do autor:
«[...] Se o fazer versos é para poucos, o entender de versos, o poder avalial-os com exacção, e recital-os com justesa, é para um e outro sexo uma prenda de manifesta vantagem; requinta-se o gosto de uma importante especie de leitura, que desenvolve, e pule o gosto natural; não se refoge por medo ou justa vergonha de ler em voz alta e em publico, e sobre tudo com este tão facil como agradavel tirocinio se affaz o ouvido para escrever a prosa nacional com muito mais graça e affinação [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089