segunda-feira, fevereiro 26, 2018

Nobiliarchia | Portugueza. | Tratado da Nobreza | hereditaria, e politica



ANTONIO DE VILLAS BOAS, E SAMPAYO

Lisboa, 1728
Na Officina de Filippe de Sousa Villela
[3.ª edição ?] («agora novamente correcta,  |  emendada, e accrefcentada cõ as Armas das Familias, e Ci-  |  dades principaes defte Reyno, e outras coufas curiofas»)
20,6 cm x 15,4 cm
12 págs. + 350 págs. + 16 págs. (index)
subtítulo: Offerecida  |  Ao Excellentissimo Senhor  |  D. Rodrigo  |  Annes de Saa, Almeyda, e Menezes,  |  Marquez de Fontes, Conde de Pennaguiaõ, Camareiro  |  môr da Cafa Real, &c.
encadernação coeva inteira em pele, com nervuras, elegantemente gravada a ouro na lombada
ligeiramente aparado e carminado
exemplar muito estimado; miolo limpo, papel acidulado
assinatura de posse de «J A de Mascarenhas» datada de 1890 no ante-rosto
ostenta colado no verso da pasta anterior o ex-libris de António Sousa Falcão
350,00 eur (IVA e portes incluídos)

«Antonio de Villas-Boas e Sampaio, Bacharel em Leis pela Univ. de Coimbra, Desembargador da Relação do Porto, depois de ter exercido varios outros cargos de magistratura. – N. no termo de Guimarães, segundo uns, ou no de Barcellos, como outros dizem, a 27 de Agosto de 1629, e m. em Barcellos a 26 de Novembro de 1701. [...]
A dicção d’esta obra é facil e pura, e o seu estylo menos inficionado dos vicios do tempo do que poderia esperar-se. O auctor mostra-se ás vezes credulo, ou falto de critica, adoptando tradições confusas, legendas inverosimeis, e factos mal averiguados ou absolutamente fabulosos; pelo que não faltou quem o censurasse mesmo em sua vida. [...]» (Inocêncio Francisco da Silva, Diccionario Bibliographico Portuguez, tomo I, Imprensa Nacional, 1858)

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089