quarta-feira, julho 25, 2018

A Organização Scientífica do Trabalho


FREDERIC TAYLOR
trad. Braga Paixão

Angra do Heroismo, 1922
Livraria Editora Andrade
1.ª edição
19 cm x 13,4 cm
92 págs.
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível, por abrir
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO EDITOR MANUEL JOAQUIM DE ANDRADE À ACADEMIA PORTUGUESA DE EX-LIBRIS
ostenta colado no verso da capa o ex-libris da referida Academia
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

Frederick Taylor (1856-1915), engenheiro de máquinas norte-americano, deve-lhe o patronato industrial a ideia de racionalização “militar” dos locais de trabalho, a chamada linha de produção, ou serialização, com os operários sob a vigilância de capatazes, o chamado controlo de qualidade. Portanto, um adversário do direito à preguiça, que é exactamente o oposto do taylorismo.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089