quarta-feira, julho 25, 2018

“O Angola e Metropole” – Dossier Secreto



ARTUR VIRGÍLIO ALVES REIS

Lisboa, 1927
Editor: Artur Virgílio Alves Reis / Depositário Ventura Abrantes – Livraria Editora
1.ª edição
28 cm x 19,4 cm
160 págs.
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
assinatura de posse no frontispício
PEÇA DE COLECÇÃO
100,00 eur (IVA e portes incluídos)

Uma passagem da introdução ao relato de um caso de polícia que em muito ilustra as almas simples no que é, verdadeiramente, a banca:
«[...] É um volume de prosa elucidativa, que toda a gente de boa fé – militares ou civis, operários ou industriais, agricultores ou comerciantes, colonistas ou financeiros – deve ler. [...]
Os milhões do Angola e Metrópole, não estão nas nossas mãos, como afirma o Banco de Portugal. Fazem a felicidade a muitos daqueles que nos atacam e até dos que nos teem julgado. [...]
Êste livro visa, apenas, provar documentalmente alguns Crimes da Comissão de Juízes Investigadores, que os magnates da finança desejam à viva fôrça encobrir.
Começamos pelos crimes da Comissão de Juízes Investigadores, para demonstrarmos que no processo instaurado contra nós, desde que se considere como criminosa a Emissão Clandestina “Vasco da Gama”, há bastantes indícios para pronunciar os membros do Conselho Geral do Banco Emissor. E quer seja ou não criminosa a Emissão Clandestina “Vasco da Gama”, há provas de sobra para pronunciar os Juízes Investigadores.
Contra nós, durante um ano consecutivo, se bolsaram as piores, as mais abjectas calúnias!
Construiu-se ante os olhos do público um castelo tenebroso de infâmias que nos atribuiram!
Vasou-se na imprensa um mar de lama no qual nos quizeram afundar.
Chegou agora o momento de, pelo menos uma vez, perante o mesmo público que escutou a acusação, produzirmos a nossa defesa. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089