sexta-feira, agosto 03, 2018

Canto General




PABLO NERUDA

México, s.d. [1952]
Ediciones Oceano
2.ª edição
texto em espanhol
17 cm x 12 cm
576 págs. + 1 folha em extra-texto (retrato do Autor) + 1 dupla folha polícroma (reprodução de pintura de David Siqueiros)
fac-símile da edição princeps, de 1950, cuja tiragem limitada a subscritores não chegara ao conhecimento do público leitor; a referência, na pág. 4, às reproduções de pinturas de Diego Rivera e David Siqueiros nas folhas-de-guarda reporta-se, obviamente, à tal 1.ª edição
encadernação editorial em tela gravada a negro na pasta anterior e na lombada
exemplar estimado; miolo limpo
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Pseudónimo de Neftalí Ricardo Reys Basoalto. Diz do escritor chileno Fernando Assis Pacheco (in Antologia Breve, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1969), e em particular do Canto General: «[...] torrencial cosmogonia da América Latina, na qual avultam alguns dos melhores momentos desse realismo dinâmico de sentido antropomórfico que é o do poeta chileno. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089