quinta-feira, julho 12, 2018

O Vinho Para o Preto



JOSÉ CAPELA
capa de João Machado


Porto, 1973
Afrontamento [edição de José Soares Martins]
1.ª edição
19,6 cm x 12,3 cm
176 págs.
subtítulo: Notas e Textos Sobre a Exportação do Vinho Para África
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
datação de posse no fontispício
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

Livro de circulação proibida, mesmo já no fim do regime fascista português, é constituído por um estudo acerca das vergonhosas relações económicas entre a metrópole e as suas colónias africanas.
Uma passagem do texto:
«[...] Historicamente, começaram os europeus por introduzir ou fomentar nos africanos o hábito, através da industrialização incipiente das bebidas destiladas ou fermentadas, de grande densidade alcoólica. Depois, ao aperceberem-se do vasto mercado que estava à disposição, tentaram colocar, como sucedâneo, o “vinho para o preto” importado de Portugal, finalmente, eliminando repressivamente o consumo de bebidas locais, tornaram praticamente obrigatório o desse chamado vinho sob o disfarce de combate ao alcoolismo, na realidade como saída para os excedentes da produção metropolitana. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089