domingo, maio 12, 2019

A Seguir o Deserto



AL BERTO
na badana fotografia de Paulo Nozolino

Lisboa, 1984
frenesi
1.ª edição
19 cm x 13 cm
20 págs.
ilustrado
capa impressa em bicromia offset (fotografia) e duas cores directas em zinco-gravura (marca-de-água e lettering)
miolo composto em linotype e impresso sobre papel avergoado cinza
acabamento com dois pontos em arame
exemplar como novo
PEÇA DE COLECÇÃO
210,00 eur (IVA e portes incluídos)

À época, no ano mítico do apagamento global da iniciativa privada dos cidadãos (1984), a mera reprodução de genitália na badana deste caderno suscitou rumores insidiosos e ódios teológicos e políticos. Apesar e contra vagas adversas, os seus 500 exemplares de tiragem circularam rapidamente e foram culturalmente debatidos entre o escol de admiradores que, então, começavam a ver no escritor Al Berto um escritor, e não a figura anedótica da boémia estulta recentemente inventada por um atrevido cineasta.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089