sábado, janeiro 23, 2021

Hamlet

 

WILLIAM SHAKESPEARE
[trad. D. Luís (seg. BNP)]

Lisboa, 1877
Imprensa Nacional
1.ª edição
242 mm x 160 mm
150 págs.
impresso sobre papel superior
encadernação em meia-francesa com cantos em pele gravada a ouro na lombada
aparado e carminado à cabeça, sem capas de brochura
exemplar muito estimado; miolo limpo, pequena mancha gorda no rodapé das três primeiras folhas
50,00 eur (IVA e portes incluídos)

«[…] William Shakespeare foi um autor (poeta e dramaturgo) e ator inglês que nasceu em 1564 e morreu em 1616 (ambos os momentos a 23 de abril). A sua obra é vasta. Aceita-se, comummente, que compôs 38 peças de teatro (tragédias e comédias baseadas em factos e personagens históricas), 154 sonetos, 2 longos poemas narrativos e diversos pequenos poemas. Em todos os seus escritos perpassa o tratamento do homem como escravo das suas paixões, nos diversos contextos políticos e culturais, transformando-se, contudo, ao mesmo tempo, em poeta do amor.
Foi o romantismo que o redescobriu, sobretudo o alemão. Em Portugal começou a ser apreciado em italiano através das representações das óperas de Bellini […].
O rei português, D. Luís, em 1877, começou a publicar uma série de traduções [com a colaboração de António José Viale, seu professor dele, escolhido por D. Fernando] das obras de W. Shakespeare, tornando-o acessível a quem não dominava o inglês ou o francês – língua [esta] em que foi abundantemente lido em Portugal, durante o século XIX. Essas traduções foram importantes para a difusão da sua obra, tanto em Portugal como no Brasil. […]»
(Fonte: João José Alves Dias, «Shakespeare 400 Anos», BNP, agenda, Abril | Maio, 2016)

pedidos para:
pcd.frenesi@gmail.com
telemóvel: 919 746 089